• 1909
  • Papel
  • Aguarela, Grafite e Guache
  • Inv. DP126
  • Desenho
  • Arte Portuguesa

Emmerico Nunes

Filles du Calvaire

Emmerico Nunes joga aqui maliciosamente com a ambiguidade sugerida pelo nome da congregação beneditina ou até da catedral de Notre Dame, cujo perfil se desenha no último plano, quando associados aos tipos de personagens retratadas. Plasticamente bem construídas, dentro de cânones “modernistas”, na atitude voluntariosa destas meninas (filles), no seu modo de vestir e no olhar provocador que uma delas lança ao homem deixado na sombra, ecoa o som das danças endiabradas do french cancan e das noites “acanalhadas” de Montmartre e do Moulin Rouge. A aprendizagem que Paris constituiu para toda uma geração de artistas portugueses em busca de novos horizontes culturais e artísticos foi eloquentemente retratada por Diogo de Macedo no seu 14, Rue Falguière. Doce “calvário” em que naturalmente mergulharam os jovens artistas portugueses da geração de Emmerico e que outras gerações de pintores já haviam experimentado. Toulouse Lautrec será, neste caso, uma influência perceptível. Atente-se, porém, no rosto da figura da esquerda, no seu corpo e na sua postura: assoma aqui um estereótipo feminino alemão num cenário estereotipadamente francês, que perspectiva as futuras opções de Emmerico e a sua instalação em Munique, a partir de 1911.

 

 

ILC

 

 

TipoValorUnidadesParte
Altura38,3cmpapel
Altura29cmmancha
Largura24,9cmmancha
Largura31,5cmpapel
Tipolegenda
TextoFilles du Calvaire
PosiçãoMargem inferior ao centro
Tipoassinatura
TextoE.H.Nunes
Posiçãoc.i.e.
Tipodata
TextoParis 1909
Posiçãoc.i.e.
TipoAquisição
DataJulho de 1983
Heimo Zobernig e a Colecção do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian/ Heimo Zobernig and the Collection of the Calouste Gulbenkian Foundation Modern Art Centre; Heimo Zobernig and the Tate Colllection/ Heimo Zobernig e a Colecção da Tate
Lisboa/St. Ives, CAM/FCG, Tate St Ives, 2009
ISBN:978-1-85437-826-2
Catálogo de exposição
Emmerico Hartwich Nunes. Retrato Sensível. Arte e Desenho Humorístico na Imprensa Alemã
Museu Nogueira da Silva
Curadoria: Isabel Lopes Cardoso
17 de Dezembro de 2004 a 26 de Fevereiro de 2005
Museu Nogueira da Silva, Minho
Heimo Zobernig e a Colecção do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian
CAM/FCG
Curadoria: Jürgen Bock
11 de Fevereiro a 31 de Agosto de 2009
Centro de Arte Moderna
Exposição Permanente do CAM
CAM/FCG
Curadoria: Jorge Molder
18 de Julho de 2008 a 4 de Janeiro de 2009
Centro de Arte Moderna