Meeting Point 2 — Fantin-Latour | Manuel Botelho

Meeting Point é o título de uma iniciativa do Museu Calouste Gulbenkian que coloca em diálogo, ou em confronto, a sua coleção com a do Centro de Arte Moderna. Neste segundo encontro, a natureza-morta surge como temática central, através da pintura Natureza-Morta ou La Table Garnie de Henri Fantin-Latour (1836-1904) e de duas fotografias, 100.rç-cmb e 101.rç-cmb, da série Ração de Combate de Manuel Botelho (1950- ). Na publicação que acompanha o segundo momento desta iniciativa, Raquel Henriques da Silva, curadora convidada, desenvolve este encontro inesperado que se completa com outra obra de Manuel Botelho: 211.parad da série Parada. Esta publicação conta ainda com uma apresentação de Helena de Freitas, curadora desta iniciativa, e com um texto da conservadora Luísa Sampaio, que se revela um importante contributo para o estudo e conhecimento da obra pictórica de Henri Fantin-Latour, pintor do século XIX, com presença significativa na Coleção Calouste Gulbenkian. Tal como aconteceu no primeiro Meeting Point, também nesta edição se disponibilizam as biografias dos artistas representados.


Ficha técnica

Textos:
Raquel Henriques da Silva, Luísa Sampaio
Coordenação editorial:
Carla Paulino com a colaboração de Inês Antunes e Ana Teresa Santos
Editado:
2015
Páginas:
95
ISBN:
978-989-8758-12-5
Preço:
15 €
Stock:
available