Manuscritos Iluminados Europeus na Coleção Calouste Gulbenkian

No culminar de vários anos de investigação, com a colaboração de um conjunto de especialistas internacionais, o Museu Gulbenkian apresenta o muito aguardado catálogo da coleção de manuscritos iluminados de Calouste S. Gulbenkian.

Particularmente apreciado pelo colecionador, este núcleo foi adquirido para usufruto pessoal, sendo acomodado na sua residência em Paris até ser transferido para Portugal. Na década de 1960, quando ainda se encontravam no Palácio do Marquês de Pombal, em Oeiras, os códices foram danificados pelas cheias e os trabalhos de recuperação, que permitiram a exposição e o estudo destes exemplares, terminaram apenas em 2014.

Um primeiro ensaio, da autoria de Manuela Fidalgo, conservadora jubilada deste núcleo da coleção, explora os diferentes momentos da constituição da coleção, focando-se nas escolhas de Gulbenkian e na forma como preservava os seus livros, além de dedicar um breve texto às inundações de 1967 e ao restauro dos exemplares danificados.

O segundo ensaio, da autoria de François Avril, antigo conservador do departamento de Manuscritos da Bibliothèque nationale de France, especialista em livros manuscritos medievais e coordenador científico do catálogo, analisa de forma mais aprofundada os exemplares que constituem a coleção, traçando uma cronologia das aquisições e revelando as suas proveniências. O catálogo, que inclui 27 livros e 10 fragmentos teve a coordenação geral de Angela Dillon Bussi, especialista em história medieval, ex-diretora assistente da Biblioteca Marciana de Veneza e da Biblioteca Medicea-Laurenziana de Florença.

As entradas de catálogo, todas ilustradas, dividem os códices em duas partes. A primeira fornece uma análise codicológica, da responsabilidade de Angela Dillon Bussi, com a colaboração de Davide Baldi Bellini. A segunda explora a sua história e o seu conteúdo e valor artístico e contou com a colaboração de reputados especialistas, como Angela Dillon Bussi, Federica Toniolo, François Avril, Giordana Mariani Canova, James Marrow, Jonathan Alexander, Lieve de Kessel e Nigel J. Morgan.

O catálogo foi editado por João Carvalho Dias, atual conservador responsável pelas coleções de livros e documentos gráficos do Museu Calouste Gulbenkian.

Ficha técnica

Textos:
Angela Dillon Bussi, Frederica Toniolo, François Avril, Giordana Mariani Canova, James Marrow, Jonathan Alexander, Lieve de Kessel, Manuela Fidalgo, Nigel J. Morgan e Penelope Curtis
Idioma:
Português
Coordenação editorial:
Museu Calouste Gulbenkian
Editado:
2020
Capa:
Brochado
Páginas:
346
ISBN:
978-989-8758-71-2
Preço:
45 €