Um novo desenho de Burne-Jones no Museu Gulbenkian

Além da famosa pintura O Espelho de Vénus, uma das obras-primas da Coleção do Fundador, o Museu Calouste Gulbenkian conta agora com o desenho de Sir Edward Burne-Jones Study for the Mirror of Venus. Trata-se de um estudo preparatório para a pintura e que foi adquirido recentemente pela Fundação.

O desenho a lápis (Burne-Jones fez inúmeros estudos integrais e parcelares para a pintura ao longo de quase uma década) tem o interesse de mostrar a composição numa conceção muito próxima do seu estado final, com a figura de Vénus ainda nua, pormenor que foi alterado na composição final.

Apesar de ter como limite temporal das aquisições o ano da morte de Calouste Gulbenkian (1955), a Coleção do Fundador incorporou no passado – pela relação direta com obras do seu acervo – quatro desenhos preparatórios para joias de René Lalique, um desenho preparatório para uma pintura de Francesco Guardi, um desenho de Cochin e o designado álbum da Coleção Walpole, Houghton Hall, onde surge reproduzido o retrato de Helena Fourment, de Rubens.