Condições de Acesso ao Museu

A abertura ao público do Museu Calouste Gulbenkian – da Coleção do Fundador e das exposições temporárias – no atual contexto de pandemia exige a definição de medidas concretas para a segurança dos nossos visitantes, cumprindo as recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS). O Museu Calouste Gulbenkian recebeu o Selo Clean & Safe, atribuído pelo Turismo de Portugal, certificando a aplicação das mesmas.

Deste modo, a visita deverá ser feita de acordo com as seguintes condições:

 

  1. O acesso ao Museu e às exposições temporárias deve ser feito apenas pela entrada principal do edifício da Coleção do Fundador.
  2. Todos os visitantes devem utilizar máscara dentro dos espaços do Museu, incluindo no Átrio e na Loja.
  3. Não são permitidas visitas de grupos organizados.
  4. Dentro de todos os espaços do Museu deve ser mantida a distância de segurança de 2 metros entre cada visitante, como recomendado pela Direção Geral de Saúde.
  5. A Coleção do Fundador tem uma lotação máxima de 160 pessoas, existindo ainda lotações específicas dentro de alguns espaços no seu interior: a Sala de Arte Egípcia e a Sala René Lalique têm a lotação máxima de 3 pessoas.
  6. A exposição temporária «Esculturas Infinitas. Do Gesso ao Digital», a decorrer na Galeria Principal da Coleção Fundador, tem uma lotação máxima de 48 pessoas.
  7. As exposições temporárias que decorrem na Galeria do Piso Inferior da Coleção Fundador têm uma lotação máxima de 25 pessoas.
  8. A Loja do Museu está limitada a 3 visitantes em simultâneo.
  9. O bengaleiro do Museu encontra-se encerrado, mas os visitantes podem recorrer aos cacifos situados no mesmo local, no piso inferior da Coleção do Fundador.