Seis aves aquáticas para procurar em julho e agosto

Cerca de uma dezena das 42 espécies de aves que se encontram no Jardim Gulbenkian estão associadas aos lagos e cursos de água que refrescam este espaço verde, conta-nos João E. Rabaça no livro “As Aves do Jardim Gulbenkian”.

Esta relação com a água existe porque ali vão buscar alimento – é o caso das aves piscívoras (que comem peixe) – ou porque constroem os seus ninhos próximo do meio aquático.

Aproveite os dias de calor e tente encontrar estas seis espécies que lhe propomos, num passeio pelo Jardim ou noutros espaços pelo país…

Quantas destas sugestões consegue encontrar? O desafio é fotografar ou desenhar as aves aquáticas que observar e partilhar as suas imagens connosco, enviando para jardim@gulbenkian.pt. Iremos publicar as melhores na revista Wilder.

Ao longo do ano, a cada mês, a revista Wilder sugere-lhe a natureza que não pode perder no Jardim Gulbenkian.