Visita orientada: Jardins para pirilampos

Slider de Eventos

Sabia que as larvas de pirilampo são predadoras vorazes, alimentando-se de caracóis, lesmas e minhocas? Contribuem assim para manter os ecossistemas, em delicado equilíbrio. Já imaginou o que seria ter os caracóis e lesmas da sua horta controlados por um exército de pirilampos? Em Portugal, não se sabe ainda quantas espécies existem, mas já são conhecidas 10 espécies de pirilampos. Parecem cada vez mais raros os momentos em que encontramos estes insetos fantásticos. A iluminação noturna é um dos fatores que afetam severamente o comportamento de acasalamento dos pirilampos porque estes insetos regulam os seus sinais luminosos com base na escuridão ambiental. Também os pesticidas, bem como a perda de habitat para a urbanização são fatores sérias ameaças à vida destas espécies.

Conceção e orientação: Gonçalo Figueira – Light Alive


INFO ADICIONAIS

  •  Ponto de encontro na entrada do Edifício Sede (lado exterior);

  • A realização da visita fica sujeita às condições atmosféricas;

  • Possibilidade de desconto a participantes em situação de desemprego (50%), mediante apresentação de documento comprovativo no momento da atividade, emitido há menos de 6 meses num dos seguintes idiomas: português, inglês, francês e espanhol.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.