Colóquio/Letras

A revista literária Colóquio/Letras nasceu em 1971, a par da Colóquio/Artes, resultantes da cisão da Colóquio, Revista de Artes e Letras.

Dirigida, então, por Hernâni Cidade e Jacinto do Prado Coelho, secretariada por Luís Amaro, a revista Colóquio/Letras estreou-se com periodicidade bimestral, passando a trimestral em 1992. Em 1984, David Mourão-Ferreira assume a sua direção que, entre 1996 e 2008, é assegurada por Joana Varela. Em 2009, sob a direção de Nuno Júdice, a revista retoma um ritmo regular com uma periodicidade quadrimestral.

Em nota de abertura é explicitado:

“Colóquio/Letras vem preencher uma lacuna que se tornava sensível: será, em Portugal, a única revista especificamente literária – com textos de poesia e de ficção, mas, na maior parte, destinada ao estudo de modo não puramente erudito, não polémico, não meramente divulgativo, antes serenamente reflexivo, problemático, ensaístico. Naturalmente vinculado ao Colóquio dos últimos doze anos, cuja ação se propõe prolongar, obedecerá às mesmas diretrizes gerais: sem dependência de escolas, de sectarismos ou de proselitismos, apenas fará uma discriminação, a de qualidade; apenas imporá uma norma: a da tolerância, do respeito mútuo. Aberta assim a todos, procurará no entanto ser uma revista viva, em que o passado, como o presente, será encarado à luz de uma problemática de hoje, em que a literatura seja analisada e interpretada segundo perspetivas atuais, com métodos atuais.”

De carácter vincadamente ensaístico e admitindo uma grande pluralidade de pontos de vista, incluindo quer artigos de investigação quer leituras críticas da atualidade editorial, a Colóquio/Letras publica inéditos de poesia e ficção de autores contemporâneos, consagrados e jovens. Dedica-se quase em exclusivo às literaturas de língua portuguesa, o que abrange não só a nossa mas também a brasileira, as africanas de expressão portuguesa e a galega (tendo esta sido matéria de dois números publicados em 1996). Conta com um vastíssimo número de colaboradores, tanto portugueses como estrangeiros estudiosos das referidas áreas.

No site da Colóquio/Letras podem consultar-se e explorar-se as edições desde o primeiro número de 1971.

Contactos

Colóquio/Letras
Fundação Calouste Gulbenkian
Avenida de Berna, 45
1067-001 LISBOA
Tel.: (+351) 217 823 567
Fax 217 823 148
Email: coloquioletras@gulbenkian.pt

Visitar o site da Colóquio/Letras