Arte Efémera em Portugal

Coordenação editorial
Ana Paula Rebelo Correia, João Carvalho Dias, João Castel-Branco Pereira, Maria de Fátima Vasconcelos
Design gráfico
Alda Rosa, Ana Cristina Pacheco
Edição
Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian. Museu Calouste Gulbenkian, 2000
ISBN
972-8128-65-7
Notas
Contém lista de obras expostas com reprodução
Proveniência
Biblioteca de Arte Gulbenkian, Lisboa / AHP 3675
Direitos
A utilização deste documento, de acordo com os Termos de Utilização, exige a prévia autorização da respetiva entidade detentora (Proveniência). No caso de o documento pertencer ao acervo da Fundação Calouste Gulbenkian essa autorização poderá ser solicitada através do formulário Autorização para a Utilização.
Texto(s)
João Castel-Branco Pereira, «Apresentação», pp. 6-7
João Castel-Branco Pereira, «Posterioridades do efémero», pp. 9-13
Miguel Soromenho, «Ingegnosi ornamenti. Arquitecturas efémeras em Lisboa no tempo dos primeiros Filipes», pp. 21-23; 28-38
Ana Cristina Cardoso da Costa Gomes, «Alianças, poder e festa. Os casamentos de D. Afonso VI e de D. Pedro II», pp. 51-53; 56-57; 61-63; 66-73
Ana Paula Rebelo Correia, «Fogos de artifício e artifícios de fogo nos séculos XVII e XVIII. A mais efémera das artes efémeras», pp. 101-103; 107-109; 112-116; 118-119; 121; 123; 125; 129; 131; 134-135; 138-141
António Filipe Pimentel, «D.João V e a festa devota: Do espectáculo da política à política do espectáculo», pp. 151-166
José Manuel Tedim, «O triunfo da festa barroca. A troca das princesas», pp. 175-193
José Manuel Tedim, «A procissão das procissões. A festa do corpo de Deus», pp. 217-223
José Manuel Tedim, «Aparatos fúnebres, ecos saudosos nas exéquias de D. Pedro II e D. João V», pp. 237-239; 242-243; 245-251
João Castel-Branco Pereira, «Os teatros para aclamação real», pp. 281; 284-286; 288; 290-291; 295
Isabel Mayer Godinho Mendonça, «Festas e arte efémera em honra da família Real Portuguesa no Brasil colonial», pp. 301; 304; 306-309; 312-320
Joana Cunha Leal, «"Ao Serviço de suas Magestades" : Cinatti, o efémero e a corte liberal», pp. 329-334; 336; 338-341
Helena Souto, «Pavilhões portugueses nas exposições universais do séc. XIX», pp. 353-354; 356; 358-359; 362-368
Pedro Bebiano Braga, «Os carros dos centenários ou as rodas do desejo», pp. 381-382; 385; 388-389; 391; 393-398; 401
José António Leitão, «Marcas do efémero: visitas de chefes de estado a Lisboa no reinado de D. Carlos I (1889-1908)», pp. 403-411; 413; 416-417

Exposições

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.