Casa Pia de Lisboa, 200 Anos. Artistas Casapianos

Exposição retrospetiva de homenagem à Casa Pia de Lisboa, concebida no âmbito das comemorações dos seus dois séculos de existência (1780-1980). Contou com duzentas obras de artistas casapianos, como Vieira Portuense, Martins Correia e Gil Teixeira Lopes.
Retrospective exhibition paying homage to the Casa Pia, educational institution in Lisbon, featuring 200 works by casapiano artists (Casa Pia alumni), including Vieira Portuense (1765-1805), Martins Correia (1910-1999) and Gil Teixeira Lopes (1936). The show was organised as part of the institution's bicentennial celebrations (1780-1980).

Organizada por iniciativa conjunta da Casa Pia de Lisboa, do Ateneu Casapiano e da Fundação Calouste Gulbenkian, esta mostra estruturou-se em torno da apresentação de cerca de duzentas obras de artistas casapianos de diferentes gerações, entre os quais se destacam, Vieira Portuense (1765-1805), Martins Correia (1910-1999) ou Gil Teixeira Lopes (1936).

Fazia-se, deste modo, uma espécie de retrospetiva da cultura artística casapiana ao longo de dois séculos (na pintura, escultura, gravura, desenho e arquitetura), chamando-se a atenção para a ação da Casa Pia de Lisboa no contexto da formação e estímulo da cultura portuguesa.

A exposição foi inaugurada na Galeria de Exposições Temporárias da Fundação Calouste Gulbenkian, no dia 15 de outubro de 1980.

Joana Brito, 2015


Ficha Técnica


Artistas / Participantes


Publicações


Material Gráfico


Fotografias

José de Azeredo Perdigao (à dir.)
José Sommer Ribeiro (à esq.)
José Sommer Ribeiro (à esq.), artista Joaquim Martins Correia (ao centro) e José de Azeredo Perdigão (à dir.)

Imprensa


Fontes Arquivísticas

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Comunicação), Lisboa / COM-S001/019-D02073

10 provas, p.b.: inauguração (FCG, Lisboa) 1980

Arquivos Gulbenkian (Serviço de Exposições e Museografia), Lisboa / SEM 00706

Pasta com convites e programas de diversos eventos organizados pelo Serviço de Belas-Artes. 1973 – 1988


Exposições Relacionadas

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.