Rui Sanches

1954, Lisboa, Portugal

Artista; Diretor-adjunto do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian (1994 – 1998)

63 Exposições

Recebeu o diploma de Bachelor of Arts, pela Goldsmiths University of London (1980), de Master of Fine Arts, pela Yale University, New Haven (1982), e concluiu o doutoramento na Universidade do Algarve (2018). Em 1984, expôs pela primeira vez o seu trabalho na Galeria de Arte Moderna da Sociedade Nacional de Belas-Artes e na Galeria Diferença, em Lisboa. Desde então, realizou mais de quarenta exposições individuais, de que se destacam a exposição retrospetiva no Centro de Arte Moderna (2001), a exposição «Museum», no Museu Nacional de Arte Antiga (2008), e «Dentro do Desenho», na Fundação Carmona e Costa (2014). Participou em dezenas de exposições coletivas, em Portugal e no estrangeiro.
O seu trabalho está representado nas principais coleções públicas portuguesas e em várias coleções estrangeiras, nomeadamente: Museu Gulbenkian, Coleção Moderna; Fundação de Serralves; Museum of Contemporary Art Antwerp (M HKA), em Antuérpia; Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo (MEIAC), em Badajoz; Fundação EDP; Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento; Coleção Berardo e Coleção António Cachola. Tem diversas obras em espaços públicos, nomeadamente a Colunata, na Assembleia da República, e o monumento a Maria José Nogueira Pinto, na Ribeira das Naus, em Lisboa.
De 1994 a 1998, foi diretor-adjunto do Centro de Arte Moderna (CAM) da Fundação Calouste Gulbenkian. Foi comissário de diversas exposições, de entre as quais se destacam: «A Ilha do Tesouro: Uma Perspectiva sobre Arte Britânica Contemporânea» (1997), com Jorge Molder, e «Direcção: Escultura» (1998), ambas no CAM; e «Um Olhar sobre a Colecção Berardo» (2000), no Museu das Artes de Sintra (MU.SA).
Em 2008, foi-lhe atribuído o Prémio AICA/Ministério da Cultura.


Entidades Relacionadas


Eventos Paralelos


Publicações


Multimedia


Documentação


Exposições

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.