Ana Vasconcelos

1961

Outro nome: Ana Vasconcelos e Melo; Conservadora e Curadora no Centro de Arte Moderna da Fundação calouste Gulbenkian (desde 1996); Responsável pela pintura na coleção (desde 2010)

51 Exposições

É conservadora especialista na Coleção Moderna do Museu Calouste Gulbenkian e responsável pelo núcleo de Pintura da Coleção. Iniciou o seu trabalho no Centro de Arte Moderna (CAM) em 1994, como assistente de conservação, responsável pelas áreas da arte internacional e da educação, tendo desenvolvido o primeiro programa de visitas guiadas às exposições, bem como de cursos e seminários para adultos. Foi responsável pela coordenação editorial do atual website do CAM, com a publicação online de toda a Coleção em 2010.
Trabalha na área da curadoria desde 1996, assumindo a curadoria de exposições desde 1999. Tem trabalhado sobre diversos artistas internacionais, com destaque para o pintor americano de origem arménia Arshile Gorky, para os pintores Sonia e Robert Delaunay, que viveram em Portugal entre 1915 e 1917, e para o núcleo de Arte Britânica dos anos 1950-1960, adquirido nos anos de 1960 pela comissão de compras do British Council para a Fundação Calouste Gulbenkian. No âmbito da arte portuguesa, investigou e expôs a obra de Ana Hatherly, Ruy Leitão, José Dominguez Alvarez, José de Almada Negreiros, Teresa Magalhães ou Sarah Affonso. De entre as suas últimas exposições, destacam-se: «Sarah Affonso e a Arte Popular do Minho» (2019); «Pós-Pop. Fora do Lugar-comum», em cocuradoria (2018); colaboração na curadoria de «José de Almada Negreiros. Uma maneira de ser moderno» (2017); «O Círculo Delaunay» e «Hein Semke: Um Alemão em Lisboa» (ambas as exposições realizadas em 2015).
É mestre em História da Arte (2001) pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, com especialização em Arte Colonial da Época Moderna e tese de mestrado intitulada «Imagens do Nordeste Brasileiro no Século XVII. Um discurso visual de apropriação colonial».


Entidades Relacionadas


Eventos Paralelos


Publicações


Multimedia


Documentação


Imprensa


Exposições

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.