Estruturas artísticas e artistas plásticos – 1ª fase

Projetos em artes visuais

A Fundação Calouste Gulbenkian concede apoios ao desenvolvimento, em Portugal, de projetos na área das Artes Visuais, nas seguintes vertentes:

  1. Projetos de investigação artística, devidamente calendarizados.
  2. Projetos de exposição em Portugal, com curadoria e/ou envolvimento de uma estrutura de produção artística.
  3. Projetos de consolidação das estruturas de produção, divulgação e formação artísticas especializadas (arte contemporânea).

Podem candidatar-se

  • estruturas artísticas profissionais;
  • artistas plásticos portugueses;
  • artistas plásticos estrangeiros que residam ou trabalhem habitualmente em Portugal.

Prazos de candidatura

a)    de 18 de janeiro a 15 de fevereiro, para os projetos cujo início de realização ocorra entre abril e junho;

b)    de 1 a 31 de maio para os projetos cujo início de realização ocorra entre julho e outubro;

c)    de 1 a 30 de setembro para projetos cujo início de realização ocorra entre novembro e fevereiro do ano seguinte;

Exclusões

  1. Candidatos com outros apoios da Fundação Calouste Gulbenkian em curso não poderão ser elegíveis.
  2. Candidaturas que não apresentem a documentação solicitada.
  3. Não se aceitam pedidos de apoio com efeitos retroativos.
  4. Este programa não se destina a apoiar a programação continuada e regular de instituições, nem festivais, bienais ou feiras de arte nacionais.
  5. O programa não contempla as despesas com a edição de catálogos, nem com os materiais promocionais e honorários.

Disposições gerais

  1. Os apoios têm um caráter de incentivo e destinam-se a custear parcialmente despesas orçamentadas para cada projeto;
  2. Cada proponente só poderá beneficiar de um apoio uma vez em cada ano;
  3. As respostas são transmitidas, via Myfile, até um mês antes do início do projeto;
  4. No final da ação desenvolvida, o beneficiário deverá apresentar, via My-File, um relatório devidamente documentado, pelos meios mais adequados à sua natureza e especificidade, para apreciação do trabalho desenvolvido. A não observância desta cláusula prejudica a concessão de futuros apoios.

Condições particulares

  • Os projetos de investigação artística deverão completar-se no prazo máximo de 1 ano, a contar da data da comunicação do apoio ao candidato.

Candidaturas

  • O formulário de candidatura online é de preenchimento obrigatório.
  • A documentação necessária para completar as candidaturas deverá ser enviada através do My-file (pasta pessoal automaticamente criada aquando da validação da respectiva candidatura), em formato PDF ou JPG, com um tamanho máximo de 2MB por documento.

Os pedidos, para além do Formulário de Candidatura devidamente preenchidodeverão contemplar:

  • projeto de trabalho;
  • calendarização do projeto;
  • estimativa orçamental detalhada;
  • nota curricular atualizada dos proponentes;
  • documentação fotográfica atualizada sobre trabalho recente (excecionalmente, poderá ser entregue na receção do CAM, identificado com o número de processo, documentação impressa (catálogos, brochuras…) e/ou DVDs;
  • confirmação da disponibilidade do local, quando se trate de exposições.

A Fundação reserva-se o direito de solicitar mais informação sobre os projetos.

Quaisquer dúvidas respeitantes a este concurso poderão ser esclarecidas junto do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian, cujos contactos são os seguintes:

Luís Gil
Tel – +351 217 823 259
Email – lgil@gulbenkian.pt

Contactos:

Luís Gil 

+351 21 782 3259