Academias Gulbenkian do Conhecimento

Apoio a projetos de promoção de competências sociais em crianças e jovens

Resultados

Na 3.ª e última edição do concurso Academias Gulbenkian do Conhecimento foram apresentadas cerca de 300 candidaturas. A avaliação foi realizada em duas fases distintas por dois painéis de jurados externos e com a contribuição da votação do público, tendo resultado na seleção de 28 projetos pelo júri e 5 por votação do público.

 

Os 33 projetos selecionados para financiamento foram apresentados pelas seguintes entidades:

  • Agrupamento de Escolas Diogo Cão
  • Agrupamento de Escolas do Bonfim de Portalegre
  • Agrupamento de Escolas Frei João de Vila do Conde
  • APSI - Associação de Psicologia da Universidade do Minho
  • Associação de Actividade Motora Adaptada [Votação do Público]
  • Associação de Moradores do Condado-Marvila [Votação do Público]
  • Associação de Solidariedade Social Pais Como Nós
  • Associação dos Municípios da Cova da Beira
  • Associação Mente de Principiante
  • Associação Prevenir
  • Associação U.Dream Portugal [Votação do Público]
  • Centro de Educação Integral - Cooperativa de Ensino Quinta da Rosa Crl
  • Centro de Pedagogia Terapêutica - Casa da Praia
  • Educar Para Voar - Associação de Professores
  • Fundação Bento Menni
  • Instituto Padre António Vieira
  • Instituto Politécnico de Leiria
  • Instituto Politécnico de Lisboa
  • Instituto Politécnico de Viana do Castelo [Votação do Público]
  • Município de Alijó
  • Município de Cascais
  • Município de Ílhavo
  • Município de Lousada [Votação do Público]
  • Província Portuguesa da Companhia de Jesus
  • Reencontro Associação Social Educativa e Cultural
  • Teach For Portugal Associação
  • Tese - Associação Para Desenvolvimento Pela Tecnologia, Engenharia, Saúde e Educação
  • Universidade Católica Portuguesa
  • Universidade de Coimbra
  • Universidade de Évora
  • Universidade do Algarve
  • Universidade Portucalense Infante D. Henrique - Cooperativa de Ensino Superior Crl
  • Yellow Cusca Associação Cultural

Este concurso destina-se a apoiar projetos que pretendam promover as seguintes competências sociais e emocionais em crianças e jovens até aos 25 anos: adaptabilidade, autorregulação, comunicação, pensamento criativo, pensamento crítico, resiliência e/ou resolução de problemas.

Os candidatos podem optar por implementar metodologias de referência ou metodologias experimentais.

As metodologias de referência deste concurso provêm de metodologias experimentais da edição de 2018, sendo elas a Skills4Genius (UTAD/CIDESD) e a Escola de Superpoderes (Associação Juvenil Transformers). Os respetivos guias, estão disponíveis em: gulbenkian.pt/academias

As metodologias experimentais visam promover as competências acima referidas e desenvolver em paralelo uma fase de teste e validação científica da abordagem.

Serão apoiados projetos nos domínios das artes, ciência e tecnologia, cultura, desporto, educação, saúde, solidariedade ou outras áreas da cidadania.

 

Sessão de esclarecimento

Teve lugar, no dia 5 de março de 2020, pelas 11:00, no auditório 3 da Fundação Calouste Gulbenkian, uma sessão de esclarecimento, com transmissão online.

Saiba mais

 

Prazos de candidatura

De 19 de fevereiro a 16 de março  (até às 12:00, hora de Lisboa)  – apresentação da primeira versão de candidatura.

Considerando as medidas de contingência no âmbito da pandemia por coronavírus, foram alteradas as datas da segunda fase do concurso, de acordo com as seguintes indicações:

Até 29 de abril decorre a avaliação da primeira fase de candidatura.

De 29 de abril a 19 de maio (até às 12:00, hora de Lisboa) – preenchimento do formulário da segunda fase de candidatura.

De 19 de maio a 9 de junho (até às 18:00, hora de Lisboa) – concurso público.

Tendo em vista a divulgação e partilha através das suas redes sociais, conforme previsto no Regulamento.

De 21 de maio a 2 de julho – avaliação da segunda fase de candidaturas.

O júri externo selecionará 28 projetos e o público cinco.

 

Elegibilidade

Podem candidatar-se pessoas coletivas públicas ou privadas, sem fins lucrativos, legalmente reconhecidas, com sede em território nacional, como por exemplo: associações juvenis, culturais e desportivas, ONGs, IPSS, Associações de pais, Autarquias, Escolas, Universidades ou outras organizações, públicas e privadas, sem fins lucrativos, heterogéneas na sua orgânica, dimensão e atividade.

 

Como concorrer

  • Só são aceites candidaturas online.
  • Faça o seu registo.
  • Antes de submeter o formulário de candidatura, verifique por favor todos os critérios de elegibilidade e leia atentamente o Regulamento.
  • A candidatura só será aceite depois de preenchido o formulário e de fazer o upload da documentação exigida no Regulamento. Por fim, clicar no botão “submeter candidatura”

De forma a prevenir dificuldades na submissão das candidaturas, evite a sua candidatura nos últimos dias do prazo.

 
Os dados pessoais recolhidos nesta página serão tratados pela Fundação Calouste Gulbenkian exclusivamente para a gestão de candidaturas às Academias Gulbenkian do Conhecimento.