Ciência em Cena

Um concurso de ideias criativas sobre temas ligados à ciência e à saúde, dinamizado pelo Gulbenkian Descobrir e Associação Maratona da Saúde

Este concurso pretendia despertar o interesse de jovens estudantes pelo conhecimento científico, consciencializando-os para as várias doenças e sensibilizando-os para a solidariedade.

O concurso destinava-se a estudantes dos 9º, 10º, 11º e 12º anos e ensino profissional, inscritos em qualquer escola portuguesa, pública ou privada. Para concorrer, bastava ser criativo e conseguir em três minutos transmitir uma mensagem sobre o tema de cada edição, gravá-la em vídeo e enviá-la para a organização. Para passar a mensagem os candidatos poderiam utilizar qualquer forma de comunicação, sempre com o objetivo de a tornar mais clara, emocionante e original: performance artística (representar, dançar, cantar, declaram, stand-up comedy, etc); filme; demonstração científica e testemunhos reais. As candidaturas podiam ser individuais ou coletivas, incluindo a participação de professores, familiares e amigos.

Na primeira fase de seleção, eram selecionados os 20 candidato para a semifinal do concurso, seguindo-se a escolha dos 10 finalistas.

Os 10 concorrentes selecionados frequentavam um workshop com os formadores Catarina Requeijo, David Marçal e Romeu Costa de modo a prepararem-se para a Final, que se realizava na Fundação Gulbenkian, perante o público e um júri de especialistas em ciência e comunicação. Os concorrentes que ficavam nos três primeiros lugares recebiam um cheque-oferta no valor de 500 euros. Os vencedores eram também, convidados todos os anos a participar no Espetáculo Solidário da Maratona da Saúde, transmitida em direto pela RTP.

Na última edição de 2016/17, o Ciência em Cena desafiou os jovens estudantes a explorar as doenças cardiovasculares.