18 Maio 2020

O Museu reabre no dia 18 de maio

A Coleção do Fundador e a exposição temporária «A Idade de Ouro do Mobiliário Francês» reabrem ao público no dia 18 de maio. Nesta fase, as visitas de grupos organizados ainda não são autorizadas.

Coleção do Fundador© Rodrigo de Souza

De modo a cumprir as regras de distanciamento definidas pelas autoridades de saúde, o Museu Gulbenkian definiu limitações no número de visitantes da Coleção do Fundador e da exposição temporária A Idade de Ouro do Mobiliário Francês. A lotação máxima nas galerias da exposição permanente do Museu é de 160 pessoas, mas em salas mais pequenas, como a Sala de Arte Egípcia ou a Sala René Lalique, só serão permitidos quatro visitantes em simultâneo. No caso da exposição temporária A Idade de Ouro do Mobiliário Francês, que foi prolongada até 28 de setembro, o número de visitantes não poderá exceder os 25. No caso da Coleção Moderna, esta permanecerá encerrada devido às obras de remodelação previstas para o edifício e para o lado sul do Jardim Gulbenkian.

Nesta fase, as visitas de grupos organizados ainda não são autorizadas e o acesso ao edifício será feito exclusivamente pela porta principal do Museu-Coleção do Fundador.  No seguimento das orientações traçadas para a frequência de espaços públicos fechados, é obrigatório o uso de máscara. A cafetaria do Museu só reabrirá as suas portas no início de junho.

Na sequência do fecho do Museu a 13 de março, procedeu-se a um reagendamento de algumas exposições previstas. A exposição Esculturas Infinitas que devia ter aberto no mês passado, na Galeria Principal do Edifício Sede, inaugura a 18 de setembro e mantém-se até 25 de janeiro de 2021. Já a Exposição René Lalique no espaço Conversas abrirá no dia previsto, 30 de outubro, prolongando-se até 2 de fevereiro de 2021. A título excecional, no contexto da pandemia, as exposições temporárias são gratuitas até ao final deste ano.

No âmbito destas restrições e do encerramento da Coleção Moderna, o Museu irá continuar a propor novas formas interativas de descobrir e explorar as suas coleções, que pode acompanhar na página O Museu em casa.

As atividades educativas estão canceladas, mas o Gulbenkian Descobrir quer continuar a partilhar ideias criativas e artísticas para fazer em casa, sozinho, em família, e também junto dos professores e alunos. Nesta página, pode encontrar várias propostas – desde videotutorias, a documentos e registos de algumas atividades – que vos convidamos a ver, a explorar e a criar.