Tinta-da-china

O desenho e o lugar — técnicas húmidas e mistas

O desenho a tinta-da-china tem uma tradição milenar. Esta tinta é constituída por nanopartículas de carvão suspensas numa solução aquosa. Pode ser usada com água abundante, produzindo efeitos inesperados, ou então com pincel mais seco, sensível às qualidades de linha e textura.

Conceção e orientação: Mário Linhares
Materiais para esta sessão: tinta-da-china (com aparo e pincel) e diário gráfico ou papel

Nota: Esta atividade está inserida no ciclo de desenho – O desenho e o lugar — técnicas húmidas e mistas. Parte das oficinas acontece no Jardim, independentemente das condições atmosféricas. Os participantes devem trazer vestuário e calçado adequados, bem como os materiais indicados para cada sessão. 

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 2h 30 min

Mínimo de participantes: 8

Máximo de participantes: 15

Língua: Português

Preço: 10,00 €

Onde:

Ponto de encontro: Jardim - Edifício Sede

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade:

Época:

Tipo:

Equipa educacional: