Sobre «Caco, João, Mava e Rebeca. From nothing to something else, part 2»

À conversa com a artista e convidados

Esta colaboração com o Museu é a segunda parte de uma obra em três partes, iniciada em 2017 em Inglaterra com jovens estudantes de música. A primeira parte desta trilogia, já realizada, intitulada Bella, Maia and Nick, foi filmada na Cornualha e mostra três jovens estudantes (entre os 15 e os 17 anos) em improvisação, explorando com os seus instrumentos diferentes sons e melodias, num ato de criação e liberdade. Para a segunda parte, Manon de Boer filmou um grupo de jovens portugueses que improvisam com dança e movimento, registando o processo de criação destes jovens, o seu processo de experimentação e erro, o seu processo criativo.
Para a artista, este projeto mostra o seu fascínio com os momentos em que o tempo e a liberdade permitem criar e explorar, fazendo nascer qualquer coisa a partir de coisa nenhuma, permitindo transformar a experimentação em criação.

Com: Manon de Boer (artista), Teresa Gleadowe (convidada) e participantes no projeto

Entrada gratuita, com levantamento de bilhete no próprio dia (limite de 2 bilhetes por pessoa).

 
A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se no direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz durante o evento Dia Internacional dos Museus, para a difusão e preservação coletiva da memória da sua atividade cultural e artística.
Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de privacidade@gulbenkian.pt.

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 60 minutos

Mínimo de participantes: 10

Máximo de participantes: 113

Língua: Português

Onde:

Ponto de encontro: Coleção Moderna – Sala Polivalente

Abrir Google Maps