Sobre a representação portuguesa na Bienal de São Paulo durante o Estado Novo III

Os anos de 1970

Última das três conversas dedicadas ao tema da participação de artistas portuguesas nas Bienais de São Paulo. Serão abordadas as representações que ocorreram entre 1969 e 1975, da Primavera Marcelista à Revolução de Abril, agora organizadas pela recém-nomeada Secretaria de Estado da Informação e Turismo, com progressiva colaboração associativa e institucional, em particular da Fundação Calouste Gulbenkian, que assumirá, nas duas décadas posteriores, um crucial protagonismo na organização do evento.

Com a convidada Lígia Afonso

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 60 minutos

Mínimo de participantes: 10

Máximo de participantes: 25

Língua: Português

Preço: 4,00 €

Onde:

Ponto de encontro: Museu Calouste Gulbenkian - Coleção Moderna

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade:

Época:

Ciclo:

Tipo:

Equipa educacional: