Ser moderno é…? Modernismo, modernidade e vanguardas

O que será ser-se moderno? De onde surge a ideia de vanguarda? O que preconiza o pensamento sobre a modernidade e que reflexos dele encontramos ainda hoje?
Esta visita proporciona um olhar sobre o modernismo, as vanguardas e a própria ideia de modernidade, procurando abordar e levantar questões em torno das obras, dos artistas e dos contextos portugueses mais significativos no seu surgimento e repercussões.

Palavras-chave
Abstração, Cubismo, modernidade, Modernismo, Surrealismo, vanguarda

Conceção e orientação
Carla Rebelo, Carlos Carrilho, Cristina Campos, Filipa Santos, Hilda Frias, Hugo Barata, Paula Ribeiro, Raquel Feliciano, Sara Inácio, Sílvia Moreira, Susana Pires

Out-jun / Dias úteis, exceto terças-feiras / 10:10-17:30

O núcleo de obras modernistas na nova montagem da Coleção Moderna exige que as entradas de grupos sejam feitas com 40 minutos de intervalo, uma vez que não permite a coexistência de mais do que um grupo no mesmo espaço. 

Instituição

Data de Marcação

Local

Dados do grupo

Requer marcação

Entre em contacto connosco para que possamos organizar uma sessão que se adapte às suas necessidades.

Sobre a atividade:

Duração: 90 minutos

Mínimo de participantes: 10

Máximo de participantes: 25

Língua: Português

Preço: 1,50 € (Preço por pessoa)

Onde:

Ponto de encontro: Museu Calouste Gulbenkian - Coleção Moderna

Abrir Google Maps