Pés de chumbo também dançam

História de musear para famílias

Era uma vez uns pés que queriam dançar. Um, dois três… um para a esquerda, dois para a direita, levanta o pé, vai atrás, vai à frente, uma pausa e rodopiiiiiia! E os pares esvoaçavam pela sala num movimento aparentemente tão fácil, tão booom. Tantos corpos entrelaçados, rodopiantes, esticados, debruçados, concentrados. Pés levezinhos, saltitões, sérios, descontraídos, trapalhões, sapatos de salto, sandálias, botins de verniz, grandes, pequenos… felizes. Só estes pés, que tanto queriam dançar, pareciam presos ao chão. Pés de chumbo, pés de pedra, desajeitados, pesados… colados ao chão do salão! Não haveria solução?
Nesta história, inspirada no livro Dança, de João Fazenda, depois de muitas peripécias no meio das esculturas da exposição, descobriremos que afinal os pés de chumbo (ou de pedra!) também conseguem dançar. Será…?

Conceção e orientação
Catarina Claro, Susana Pires

Atividade para famílias com crianças dos 2 aos 5 anos (o bilhete de 7,5€ destina-se a um adulto e criança. Por cada familiar adicional – adulto ou criança – será cobrado o valor de 4€). 

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 50 minutos

Mínimo de participantes: 8

Máximo de participantes: 15

Língua: Português

Preço: 7,50 €

Onde:

Ponto de encontro: Galeria principal - Edifício Sede

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade:

Época:

Ciclo:

Tipo:

Equipa educacional: