O Jardim de Babaï

História de musear para famílias

A partir do núcleo de Arte Islâmica da Coleção do Fundador e do livro Jardim de Babaï, de Mandana Sadat, esta estória musical começa com uma montanha deserta e um Babaï solitário. Mas quem é Babaï, que ao Museu acaba de chegar? É um pequeno cordeiro que, entre os fios da sua lã, guarda estórias persas, melodias e o desejo de plantar um frondoso jardim… E do que precisa Babaï para o seu jardim semear? Será que as obras de arte do Museu o conseguem ajudar?
Juntos, iremos desenrolar os novelos desta estória, viajando entre os vários tapetes e cerâmicas da Coleção, com os sentidos despertos para tudo o que acaba de chegar…
Três intérpretes irão guiar o público nos caminhos desta estória escrita em duas línguas (português e persa), enchendo o espaço do Museu de cheiros, ações, melodias e canções que tecem o frondoso Jardim de Babaï… Preparados para viajar?! Babaï (pronuncia-se Baba-i) é, em iraniano, uma palavra infantil que significa «cordeirinho», equivalente a «memé» em português.

Conceção e orientação
Sofia Portugal, Susana Quaresma, Tânia Cardoso

Atividade para famílias com crianças dos 2 aos 6 anos (o bilhete de 7,5€ destina-se a um adulto e criança. Por cada familiar adicional – adulto ou criança – será cobrado o valor de 4€). 

Nota: A sessão das 11:40, do dia 15 de março será uma sessão em língua gestual portuguesa para público surdo. A sessão das 11:40, do dia 22 de março será acessível e inclusiva, estando aberta a todos os participantes.

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 50 minutos

Mínimo de participantes: 8

Máximo de participantes: 15

Língua: Português

Preço: 7,50 €

Onde:

Ponto de encontro: Museu Calouste Gulbenkian - Coleção do Fundador

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade:

Época:

Ciclo:

Tipo:

Equipa educacional: