FCG Secção: Atividades Educativas

O exotismo recriado no século XVIII francês

No âmbito da exposição Versailles, o curador Nuno Vassallo e Silva propõe uma conversa sobre uma das produções mais apreciadas das indústrias de luxo francesas do século XVIII: a criação e o comércio de pequenos objetos decorativos de gosto exótico. Foi manifestada sobretudo através de porcelanas orientais montadas em bronze, ou na utilização de lacas chinesas ou japonesas em peças de mobiliário, de que a Coleção Calouste Gulbenkian possui notáveis exemplares.
Nesta euforia criativa surge uma das manifestações artísticas mais interessantes provenientes do século XVIII e que igualmente será abordada no decurso da visita: as chinoiseries. Totalmente idealizada e concebida na Europa, recorrendo com grande liberdade a motivos chineses e outros orientais, conquistou grande êxito juntos das clientelas. Esta visita propõe uma nova abordagem à coleção de artes decorativas francesas.

Conceção e orientação
Nuno Vassallo e Silva

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 90 minutos

Mínimo de Participantes: 10

Máximo de Participantes: 25

Idioma: Português

Preço: 6,00 €

Onde:

Ponto de Encontro: Museu Calouste Gulbenkian - Coleção do Fundador

Abrir Google Maps