FCG Secção: Atividades Educativas

Escultura fora do ecrã – uma leitura da escultura da Coleção Moderna

As estátuas também vivem?
Desde a antiguidade clássica até ao presente que a literatura e as artes visuais ocidentais identificam vários sintomas da «estátua que vive»: o discurso, o rubor, o pulsar ou o movimento. No entanto, a estátua que vive não é necessariamente movível, e a escultura imóvel não é necessariamente isenta de vida. O paradoxo da estátua está no movimento e na imobilidade, na realidade e na ilusão entre o material que a constitui e aquilo que ela representa. Mas será sempre assim? Poderemos percorrer a nave da Coleção Moderna e encontrar estas questões ao longo dos séculos XX e XXI?
Esta visita recolhe algumas das inquietações presentes na exposição Escultura em Filme – The very impress of the object e trá-las para a galeria de escultura da Coleção Moderna, propondo uma conversa participada e um olhar desafiador.

Conceção e orientação
Ana Rito

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 90 minutos

Mínimo de Participantes: 10

Máximo de Participantes: 25

Idioma: Português

Preço: 6,00 €

Onde:

Ponto de Encontro: Museu Calouste Gulbenkian - Coleção Moderna

Abrir Google Maps