Enquanto conto e canto: «Ombela. A origem das chuvas»

História de musear para famílias

Ombela é uma rapariga que chora, por vezes de tristeza, por vezes de felicidade. Este fenómeno deixa-a sempre atrapalhada, até que o pai, um deus que com o passar do tempo vai ficando mais pequenino, lhe explica a função das lágrimas: a de formar os rios e mares desse mundo fora!
Uma história que apresenta o livro homónimo do escritor angolano Ondjaki, Ombela. A origem das chuvas, num trabalho repleto de música e objetos, que nos transporta até África, onde as lendas relacionam intimamente a natureza do mundo com a natureza dos homens.

Conceção e orientação
Rodrigo Crespo (guitarra), Tânia Cardoso (voz)

Atividade para famílias com crianças dos 2 aos 5 anos (o bilhete de 7,5€ destina-se a um adulto e criança. Por cada familiar adicional – adulto ou criança – será cobrado o valor de 4€). 

 

A Fundação Calouste Gulbenkian reserva-se no direito de recolher e conservar registos de imagens, sons e voz durante a atividade Enquanto conto e canto: «Ombela. A origem das chuvas», para a difusão e preservação coletiva da memória da sua atividade cultural e artística. Caso pretenda obter algum esclarecimento, poderá contactar-nos através de privacidade@gulbenkian.pt.

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 50 minutos

Mínimo de participantes: 8

Máximo de participantes: 15

Língua: Português

Preço: 7,50 €

Onde:

Ponto de encontro: Museu Calouste Gulbenkian - Coleção Moderna

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade:

Época:

Ciclo:

Tipo:

Equipa educacional: