Dadaísmo #1

Ciclo de oficinas de desenho - Vanguardas no Jardim #2

O Dadaísmo surge no contexto da primeira guerra mundial, em Zurique, em 1916, o espaço neutro de uma Europa despedaçada. Procura um esvaziamento de valores. Afirma para se negar imediatamente a seguir, não querendo deixar nada. Por isso mesmo, inicialmente, não teve grande sucesso. Era motivo de riso, mas não tinha aceitação. Nos anos seguintes, espalha-se por diferentes espaços geográficos: Berlim, Colónia, Hanover, Paris e Nova Iorque, ganhando força no final dos anos 50 e em toda a década de 60.
Nesta oficina, a última do ciclo das vanguardas artísticas, o Jardim Gulbenkian será motivo de inspiração artística para um trabalho Dada em duas fases: colagens na primeira oficina e ready-made “desenhado”, na segunda, procurando fazer aos objetos do jardim e do museu o mesmo que Marcel Duchamp fez!

Conheça as outras sessões do ciclo Vanguardas no Jardim #2, orientadas pelo urban sktecher Mário Linhares.

Materiais necessários:
– Caderno A4 ou folhas A3 com ramagem superior a 180gr;
– Lápis de grafite e canetas pretas;
– Tesoura e cola batom;
– Aguarelas e pincéis redondos com ponta fina (um fino e um largo);
– Lápis de cor.

Bilhete ciclo inteiro - €50

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 2,5 horas

Mínimo de participantes: 8

Máximo de participantes: 15

Língua: Português

Preço: 10,00 €

Onde:

Ponto de encontro: Jardim - Edifício Sede

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade:

Época:

Tipo:

Equipa educacional: