FCG Secção: Atividades Educativas

A Coleção Gulbenkian sai do armário dourado?

Próximas sessões

Sobre a atividade:

Duração: 90 minutos

Mínimo de Participantes: 10

Máximo de Participantes: 30

Idioma: Inglês

Onde:

Ponto de Encontro: Museu Calouste Gulbenkian - Coleção do Fundador

Abrir Google Maps

Detalhes da atividade:

Época:

Tipo:

Equipa educativa:

Narrativas Queer na Coleção Gulbenkian

Há muitas maneiras diferentes de ler uma coleção de arte. Geralmente, a heterossexualidade, o género masculino e a «brancura» (racial) são presumidos, a menos que seja declarado o contrário, e declarar o contrário é tornar-se «outro». Existem também diversas maneiras de ler coleções como queer – usar a biografia dos artistas, examinar o assunto da peça ou fazer uma leitura estética são algumas das possíveis.
Geralmente pensamos que sabemos o que é arte «queer», mas sabemos mesmo?
Centrando-se em peças específicas da coleção, nesta visita Michael Langan explorará a possibilidade de descobrir histórias escondidas e marginalizadas, procurando criar e explorar «outras» narrativas que desafiam as premissas dominantes, e desafiando também o espectador a uma outra aproximação às narrativas mais habituais.

Orientação
Michael Langan


Requer levantamento de bilhete no próprio dia (máximo 2 bilhetes por pessoa). 

Estas visitas integram a semana LGBTQ – Lisboa e serão seguidas de uma conversa informal com Michael Langan e um membro da ILGA. As visitas serão realizadas em língua inglesa e a conversa em português e inglês.