de hoje para amanhã,

poderá a Justiça Intergeracional ter mais peso no debate público e na agenda política?

a justiça intergeracional

o amanhã

Anim Graficos Site HojeAmanhã 341

Os decisores políticos e a sociedade civil defendem que as atuais gerações têm o dever de deixar às gerações seguintes bens e recursos pelo menos similares aos que herdaram das gerações anteriores.
Neste sentido, este projeto apresenta propostas que contribuem para quantificar e promover uma justa repartição dos recursos e oportunidades entre as diversas gerações.

como medir

desequilíbrios intergeracionais?

Estamos a apoiar a realização de estudos que identifiquem as principais desigualdades entre gerações em diferentes áreas de política pública.
Finanças Públicas

Finanças Públicas

Como tem evoluído a contribuição líquida de cada geração para o orçamento de Estado e para a dívida pública? Qual o valor atual das obrigações financeiras deixadas às gerações futuras?

Habitação

Habitação

Como tem evoluído o acesso à habitação própria das várias gerações ao longo das últimas décadas? Existem desigualdades entre as várias gerações? Quais as suas causas?

Mercado de Trabalho

Mercado de Trabalho

Como têm evoluído as carreiras, os salários, e o risco de desemprego ao longo da vida, nas últimas décadas? Existem desigualdades entre as várias gerações? Quais as suas causas?

o que torna uma política pública justa

do ponto de vista intergeracional?

Não existe atualmente uma metodologia de avaliação sistemática que permita identificar e prevenir novos desequilíbrios no futuro.

Estamos a analisar várias tentativas concretas (bem-sucedidas e fracassadas) de implementação de políticas que visem a resolução de problemas sociais a longo prazo, de forma a identificar as condições políticas, sociais e económicas que permitem aos decisores políticos portugueses tomar medidas que imponham custos no presente em nome das gerações futuras.

Estamos também a desenvolver uma metodologia inovadora e um processo de avaliação robusto que permita, a qualquer cidadão interessado, aos media e aos decisores políticos, avaliar o impacto a longo prazo das políticas públicas, nas várias gerações, das atuais às ainda por nascer.

Passo a passo…

a pensar nas gerações de amanhã