Lab in a Suitcase. Primeiras unidades de laboratório ‘low cost’ já foram entregues

Aula de biologia molecular da Universidade de São Tomé com utilização de um componente do Lab in a Suitcase © Hugulay Maia

Unidades do Lab in a Suitace já começaram a ser recebidas na Guiné Bissau, Moçambique, Angola, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe, depois das ações de formação no Instituto Gulbenkian de Ciência e visam contribuir para espalhar o conhecimento científico.

Leia mais no artigo publicado na Exame Informática.

Atualização em 23 agosto 2021

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.