Estudo detecta células que causam leucemia antes de a doença se manifestar

Equipa de investigadores do IGC, liderada pela investigadora principal Vera Martins, identificou as células que conseguem manter o desenvolvimento de células imunitárias no timo e que estão na origem de um tipo particular de leucemia, muito antes da manifestação da doença. O estudo publicado na revista Cell Reports revela que estas células precursoras garantem que o timo consegue continuar a produzir células T, mesmo em condições em que esta função deveria estar comprometida. Mas este processo tem consequências graves: o aparecimento de células anormais, que acumulam erros e marcam o início do desenvolvimento de leucemia.

Veja o que saiu na imprensa sobre este estudo:

in Público

in Observador

in RTP

in Visão

in SIC Notícias

in TSF

in Sábado

in Jornal de Notícias

in TVI 24

Atualização em 15 abril 2021

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.