20 Agosto 2020

“Arca de Noé Microbiana” tem apoio do Instituto Gulbenkian de Ciência

Estudo comprova viabilidade de criação de uma “Arca de Noé microbiana” e propõe avançar para projeto piloto que inclua a instalação de uma infraestrutura de armazenamento de micróbios na Noruega ou na Suíça e aposte numa forte rede de colaboração para reunir coleções de amostras de todo o mundo. Os investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência, Karina Xavier e Luís Teixeira, integram o painel de peritos científicos.

Leia mais na revista National Geographic.