• 1952
  • Bronze
  • A definir
  • Inv. 79E758

António Pedro

Escultura

Datada de 1952, esta escultura de pequena dimensão foi produzida pelo artista em Moledo do Minho, a sua morada definitiva desde 1951. A ausência de um título que ancore interpretações ou sentidos não impede o reconhecimento de temáticas recorrentes. A escultura remete-nos para o imaginário telúrico e onírico que atravessa a obra do artista. A tensão da metamorfose da matéria e a gestação de elementos díspares confluem no motivo da mão, elemento recorrente nas suas pinturas. António Pedro recria a natureza monstruosa explorada já em pintura, mas a reação de «estranhamento» a que comummente nos expõe surge particularmente exacerbada nesta obra, devido à sua tridimensionalidade.

 

 

CC

 

Novembro de 2011

TipoValorUnidadesParte
Altura36,5cm
Largura28cm
Profundidade26,5cm
TipoAquisição
Data1979
Heimo Zobernig e a Colecção do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian/ Heimo Zobernig and the Collection of the Calouste Gulbenkian Foundation Modern Art Centre; Heimo Zobernig and the Tate Colllection/ Heimo Zobernig e a Colecção da Tate
Lisboa/ St. Ives, 2009
ISBN:978-1-85437-826-2
Catálogo de exposição
Exposição retrospectiva de António Pedro
Fundação Calouste Gulbenkian
Curadoria: Fundação Calouste Gulbenkian
Agosto de 1979 a Dezembro de 1979
Exposição realizada pela Fundação Calouste Gulbenkian, em 1979.
Heimo Zobernig e a Colecção do Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian
CAM/FCG
Curadoria: Jürgen Bock
11 de Fevereiro de 2009 a 31 de Agosto
Centro de Arte Moderna
Exposição realizada em parceria com a Tate St. Ives. Inclui obras da colecção da Tate de St. Ives, do Centro de Arte Moderna e do artista Heimo Zobernig. De 24 de Maio a 31 de Agosto de 2009 estiveram expostas apenas as obras do CAM escolhidas pelo artista.
Atualização em 23 janeiro 2015

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.