Jorge Molder recebe Prémio Carreira

Com um percurso artístico com mais de 40 anos, Jorge Molder foi agora distinguido com o Prémio Carreira atribuído pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, instituição onde estudou Filosofia.
Jorge Molder, «Face Laveé d’oubli…» (pormenor), 1984. Inv. 84FP396

Com mais de 40 anos de carreira, Jorge Molder (1947) foi homenageado com o Prémio Alumni 2021, concedido pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa em reconhecimento da carreira de um ex-aluno da instituição. Licenciado em Filosofia em 1972, Jorge Molder alcançou reconhecimento nacional e internacional como fotógrafo, tendo representado Portugal nas bienais de São Paulo (1994) e Veneza (1999).

 

Jorge Molder, «Não tem que me contar seja o que for», 2006. Inv. FP552
Jorge Molder, «Não tem que me contar seja o que for», 2006. Inv. FP537

 

A cerimónia decorreu no passado dia 26 de novembro, tendo contado com a presença do Reitor da Universidade de Lisboa, do Diretor e da Subdiretora da Faculdade de Letras e dos restantes elementos do Júri do Prémio. Jorge Molder recordou a influência do curso e de alguns docentes no seu percurso artístico.

 

Jorge Molder, Da série «O Fazer Suave de Preto e Branco», 1981. Inv. 88FP145

 

Jorge Molder conta com um percurso artístico de mais de quatro décadas, tendo apresentado a sua obra exposta em mais de 50 exposições individuais. Entre 1994 e 2009 foi diretor do Centro de Arte Moderna, desempenhando um importante papel como impulsionador das artes em Portugal. O artista encontra-se amplamente representado na Coleção do CAM com mais de uma centena de fotografias.

Atualização em 07 dezembro 2021

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.