David Hockney em Viena

A obra «Renaissance Head», de David Hockney, viaja de Lisboa até Viena para a exposição «David Hockney: INSIGHTS», que decorre entre fevereiro e junho de 2022.
David Hockney, «Renaissance Head» (detalhe), 1963. Inv. PE216

David Hockney: INSIGHTS é a primeira exposição retrospetiva na Áustria dedicada ao artista inglês. Realizada em parceria com a Tate, com curadoria de Bettina M. Busse, Veronika Rudorfer e Helen Little (Tate), esta exposição é apresentada entre 10 de fevereiro e 19 de junho na Kunstforum Wien, na capital austríaca.

A exposição explora o trabalho desenvolvido por Hockney ao longo da sua carreira artística de mais de 60 anos, focando-se nas temáticas da paisagem, do retrato e do nu, e relacionando-as com a sua experiência pessoal com a homossexualidade e com o seu país de origem, a Inglaterra, e com o país que o acolheu a partir da década de 1960, os EUA, mais precisamente a costa oeste da Califórnia.

O CAM associou-se a esta exposição através da cedência da obra Renaissance Head, realizada em 1963 após uma viagem aos Estados Unidos, onde conheceu Andy Warhol. Esta obra evoca, como o título indica, a iconografia renascentista, subvertendo o estilo académico e criando uma abordagem mais ingénua e infantil, intensificando o uso da cor.

Esta pintura viaja para se juntar, em Viena, a uma seleção de obras oriundas maioritariamente da Coleção da Tate, destacando-se The First Marriage (1962), Mr and Mrs Clark and Percy (1970-1971) e My Parents (1977). A exposição inclui ainda uma seleção de obras sobre papel.

 

David Hockney, «Renaissance Head», 1963. Inv. PE216
Atualização em 08 fevereiro 2022

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.