Doutoramento para estudantes dos PALOP e Timor-Leste

Atribuição até 10 bolsas para o 1º ano do doutoramento em instituições de ensino superior portuguesas para nacionais dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e Timor-Leste, que nestes países exerçam atualmente a sua atividade profissional.

Candidatura

Destinado a nacionais dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa e de Timor-Leste que queiram fazer o doutoramento em Portugal.

Documentos


Condições de Elegibilidade

  • Candidatos ao 1º ano do doutoramento, com residência permanente no país de origem;
  • Devem possuir o nível de mestrado com uma média de, pelo menos, 15 valores (escala de 0 a 20);
  • Idade limite para apresentação de candidatura: 40 anos, inclusive (nascidos até 31/12/1982).

 

Condições da Bolsa

  • Bolsa por um período de 12 meses no 1º ano curricular;
  • Renovação por um período de 6 meses em cada um dos anos seguintes do plano doutoral (ponto 2 do Regulamento);
  • A duração total máxima da bolsa será de 4 anos.

 

Valores de Bolsa

  • Valor mensal de 1.250 €;
  • Valor único de 1.000 € para despesas de instalação no 1º ano do doutoramento;
  • Até 3 500 € para propinas;
  • Comparticipação anual única para viagens entre Portugal e o país de origem:
    Cabo Verde e Guiné: 700 €
    Angola, Moçambique e São Tomé e Príncipe: 1.000 €
    Timor-Leste: 1.500 €
  • Um seguro de acidentes pessoais em viagem.

 

Como concorrer

  • Consulte o Regulamento disponível na zona de documentos e verifique os critérios de elegibilidade, assim como os documentos obrigatórios que devem ser anexados à candidatura;
  • A candidatura é feita através da submissão de um formulário online, em português. Para aceder ao formulário de candidatura é necessário primeiro registar-se no website (consultar o documento Perguntas Frequentes, disponível na secção “Documentos” desta página, em caso de dúvida);
  • Preencha todos os campos obrigatórios para submeter a candidatura, incluindo o carregamento da documentação exigida no Regulamento;
  • Evite submeter a sua candidatura nos últimos dias do prazo para prevenir possíveis dificuldades, nomeadamente na obtenção de cartas de recomendação;
  • A Fundação Gulbenkian só assegura respostas até 2 dias úteis antes do final do prazo de submissão das candidaturas;
  • Recomendamos que, antes de contactar a Fundação Gulbenkian, leia cuidadosamente as respostas às questões mais frequentes, consultando o documento Perguntas Frequentes, disponível na secção de “Documentos” desta página.

 

Contactos

E-mail: [email protected]

Atualização em 14 março 2022

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.