Ana Suspiro

Bolsa Gulbenkian de Investigação Jornalística 2018

 

Num conjunto de trabalhos, Ana Suspiro dedica-se ao tema geral “Outros poderes, quem os paga e que contas prestam”. Uma investigação sobre os meios que sustentam organizações como a UGT, a CGTP, as ordens dos Advogados e dos Médicos, a Associação Nacional de Farmácias, entre outras.

Os trabalhos foram publicados no Observador.

 

Outros poderes. CAP: a confederação dos agricultores e dos subsídios

É a voz institucional do setor e tem sido a voz do protesto contra os novos valores que ameaçam o mundo rural. Como a CAP ajuda a levar os milhões públicos aos agricultores e também recebe alguns.

Observador, 6 jan 2020

 

Download PDF (1.5 MB)

Outros poderes. Como resiste a UGT à crise do sindicalismo

Queda de sindicalizados e pagamento de dívidas do Fundo Social Europeu trouxeram dificuldades financeiras que a UGT teve de gerir. Investigação à central que viabiliza acordos de concertação social.

Observador, 26 dez 2019

 

Download PDF (1.6 MB)

Outros poderes. Como funciona a Deco por dentro

Tem quase 400 mil associados e uma das principais publicações em Portugal. Pode ditar o sucesso ou fracasso de um produto e já influenciou a mudança de leis. Como funciona e onde se financia a Deco.

Observador, 10 dez 2019

 

Download PDF (1.6 MB)

Outros poderes. A radiografia à Associação Nacional de Farmácias

Como funcionam as organizações mais poderosas do país? De onde vêm as receitas? Quem manda? Muito mais do que a associação das farmácias, a ANF é o segundo de uma série de artigos de investigação.

Observador, 2 dez 2019

 

Download PDF (1.5 MB)

Investigação sobre outros poderes. O exame à Ordem dos Advogados

Como funcionam as organizações mais poderosas do país? De onde vêm as receitas? Quem manda? A quem prestam contas? A Ordem dos Advogados é a primeira de uma série de artigos de investigação.

Observador, 25 nov 2019

 

Download PDF (1.6 MB)

Bolsas de Investigação Jornalística

Conheça as propostas de investigação dos jornalistas selecionados para as Bolsas Gulbenkian de Investigação Jornalística.

Saber mais