Condições de Acesso à Biblioteca

Para garantir a segurança e a proteção de funcionários e leitores face à COVID-19, foi estabelecido um conjunto de regras e condições especiais temporárias de acesso e utilização dos nossos espaços e serviços, de acordo com as recomendações da Direção Geral da Saúde (DGS).

Para a sua e nossa proteção, a Biblioteca de Arte agradece a sua cooperação.

 

Admissão

  1. Durante a presente fase, serão apenas admitidos aos serviços de leitura os leitores da Biblioteca de Arte (BA) já detentores de cartão de leitor atualizado, num total de 20 por dia.
  2. A admissão requer a marcação antecipada de uma consulta diária, a efetivar através do Serviço de Requisição Antecipada nos termos dos parágrafos 4 e 5.
  3. A marcação será sempre previamente confirmada e comunicada por mail pelos serviços da BA com uma antecedência máxima de 24 horas, tendo em conta a disponibilidade não só das obras requisitadas como de vaga para consulta em cada dia.

 

Pesquisa e requisição de obras

  1. A pesquisa no catálogo da biblioteca e a requisição de obras a consultar devem ser feitas remotamente, no site da Biblioteca de Arte, com uma antecipação mínima de 24 horas (dias úteis). O formulário do Serviço de Requisição Antecipada pode ser acedido aqui. Por cada obra a consultar deve ser preenchido um formulário.
  2. O número máximo de obras suscetíveis de serem requisitadas e consultadas por dia é de 10 títulos por leitor.

 

Horário

  1. Durante esta fase, o horário de funcionamento dos serviços de leitura é o seguinte: todos os dias úteis exceto às terças-feiras, das 10:00 – 17:30.

 

Acesso

  1. O acesso à Biblioteca é realizado pela porta principal do edifício do Museu Gulbenkian (a porta para o jardim do lado da rua Sá da Bandeira está encerrada).
  2. Sacos, mochilas, malas e outros objetos e bens pessoais que não sejam indispensáveis à consulta não serão permitidos nas salas de leitura, devendo ficar depositados no bengaleiro (Alerta-se para o facto do bengaleiro da BA ter uma capacidade muito reduzida, pelo que se aconselha a que, durante este período, os leitores se não façam acompanhar de objetos volumosos, sob pena de estes não poderem ser guardados no bengaleiro e tal poder condicionar o seu acesso às salas de leitura).
  3. É obrigatório o uso de máscara de proteção em todo o edifício e durante a permanência nos serviços de leitura. A aplicação e manuseamento das máscaras deverão respeitar as orientações da DGS.
  4. Sempre que entrem na Sala de Leitura os leitores devem higienizar as mãos com solução antissética de base alcoólica disponível para esse efeito.

 

Consulta

  1. Respeitando as recomendações de distanciamento social, a lotação das salas de leitura está condicionada ao número máximo de 20 leitores por dia. Os leitores devem ocupar o lugar que lhe for indicado por colaborador da BA, não devendo, sob pretexto algum, mudar de lugar durante a consulta.
  2. A utilização dos postos públicos para pesquisa no catálogo está temporariamente interdita.
  3. É recomendada a utilização de luvas descartáveis no manuseamento das obras em consulta.
  4. Após a consulta das obras requisitadas, estas deverão manter-se no local onde foram consultadas. Todas as obras serão sujeitas a um período de quarentena obrigatório de 72h.
  5. É permitida a consulta da coleção de obras de referência existentes em livre acesso na sala de leitura. Após a sua utilização, deverão ser depositadas no carro disponível para o efeito.
  6. Está temporariamente suspensa a utilização das máquinas de fotocópias e digitalizador. É, contudo, permitida a utilização de telemóvel/câmara fotográfica para a realização de cópias.
  7. As instalações sanitárias da BA estão encerradas, devendo ser utilizadas as de apoio ao Museu e Cafetaria.

 

Para quaisquer dúvidas ou questões adicionais pode escrever-nos para o endereço [email protected]