Espólios de Artistas e Arquitetos Portugueses

Espólio Cristino da Silva

Este espólio reúne cerca de 10.000 desenhos e plantas relativos a 114 projectos de arquitectura, e ainda fotografias, memórias descritivas, correspondência e outros documentos resultantes da actividade profissional do arquitecto Luís Cristino da Silva.
(Ver Colecções digitais)


Espólio Raul Lino

Este espólio é constituído maioritariamente por documentos relativos a 667 projectos de arquitectura elaborados pelo arquitecto Raul Lino entre 1902 e 1974, ano da sua morte. Contém cerca de 9000 desenhos, manuscritos (na sua maioria memórias descritivas) e cerca de 220 fotografias resultantes da vida profissional do arquitecto, constituindo um conjunto de grande importância para o estudo da história da arquitectura portuguesa.
(Ver Colecções digitais)


Espólio Diogo de Macedo

Este espólio é composto pela correspondência, manuscritos, recortes de imprensa, fotografias e publicações periódicas relativos à actividade do escultor, crítico e historiador de arte Diogo de Macedo, reunidos em 467 dossiers que foram organizados pela sua viúva, Eva de Macedo. Foi doado à Fundação Gulbenkian em 1987.
(Ver Colecções digitais)


Espólio Amadeu de Sousa Cardoso

O espólio documental do pintor Amadeu de Sousa Cardoso foi confiado à Fundação Calouste Gulbenkian no final da década de 1980 pela sua viúva, Lucie de Sousa Cardoso, e pelo seu amigo, Paulo Ferreira. É constituído por fotografias, correspondência, catálogos de exposições, folhetos, recortes de imprensa, algumas monografias e artefactos do artista.
(Ver Colecções Digitais)

Atualização em 06 Outubro 2017