125.000 Euros Concedidos às Escolas Arménias no Líbano

O Serviço das Comunidades Arménias olha com especial atenção, desde a sua criação, para as escolas arménias no Médio Oriente tendo, nos últimos anos, sido desenvolvida uma estratégia mais abrangente para o Líbano e mais focada na comunidade escolar.

Tendo em conta a situação atual no Líbano, que atravessa uma das piores crises económicas da sua história, a fundação decidiu suspender temporariamente o Programa de Subsídios Escolares lançado em 2020 e assegurar o funcionamento de todas as escolas arménias do país.

Assim, após terem sido doados e distribuídos 650 tablets e 50 laptops no início de 2021, o Serviço das Comunidades Arménias da Fundação Calouste Gulbenkian, ao invés de apoiar apenas três escolas no desenvolvimento de projetos educativos, atribuiu recentemente 125.000 euros às 16 escolas arménias no Líbano.

Para além deste apoio, a Fundação implementa várias iniciativas no Líbano incluindo a atribuição de bolsas universitárias, apoio a programas de ensino de necessidades especiais, apoio a programas de formação de professores, apoio a publicações e atribuição de subsídios para iniciativas culturais concebidas por jovens.

 

Atualização em 20 dezembro 2021