FCG Secção: Fundação

Eventos dedicados à Cultura Arménia em Lisboa

O Serviço das Comunidades Arménias juntou-se, pelo segundo ano consecutivo, ao “Jardim de Verão” e organizou diversos eventos entre 1 e 9 de Julho. Através da música, dança, workshops para famílias, conferências e a estreia de um filme vamos trazer ao coração de Lisboa um vislumbre da cultura Arménia. No ano passado recebemos uma resposta positiva por parte do público, que compareceu com grande afluência nos eventos. Este ano esperamos reencontrar pessoas de todas as idades e estamos convictos, que os eventos deste ano, serão outra vez um sucesso.  

Em baixo encontra-se um breve resumo dos eventos dedicados a cultura Arménia, para mais informações e para consultar o programa completo do Jardim de Verão.

 

Música no Museu- Coleção Moderna

Trio Aeternus: Música Arménia
Sáb, 1 julho – 15:00

O Trio Aeternus (2013) é um trio de piano clássico formado pelo britânico Alexander Stewart (violino), o arménio Varoujan Bartikian (violoncelo) e o polaco Lucjan Luc (piano).

 

Zulal Armenian A Cappella Trio
Sáb, 1 julho – 19:00

Um concerto a cappella de canções tradicionais arménias compostas para três vozes (Teni Apelian, Anaïs Alexandra Tekerian e Yeraz Markarian), com participação do músico Ara Dinkjian acompanhado do seu oud.

 

Contando e Cantando no Pinhal

Zulal Armenian Trio Contando e Cantando
Dom, 2 julho – 11:00 e 14:30
(Duas sessões de 45 min)

O trio Zulal cria um ambiente imersivo e experiencial nos seus concertos interativos para crianças e famílias, com canções tradicionais da Arménia. Literalmente encantados pelo sorriso deste trio de mulheres que contam histórias cantando, os espectadores vão ser convidados a ouvir e a cantar as harmonias, a identificar dinâmicas, a adaptar o movimento ao som e talvez, quem sabe, a encontrar o seu destino…

 

Arte Arménia no Imperio Otomano

A Imagem do Trabalhador Migrante: Os Realistas de Constantinopla e o Bantoukhd da Arménia Otomana por Vazken Khatchig Davidian
Ter, 4 julho – 19:00

O movimento em grande escala dos trabalhadores migrantes rurais da Arménia Otomana para a capital imperial, no final do século XIX, visto através da produção de arte visual. Esta conferência do historiador de arte Vazken Khatchig Davidian sugere que o pincel de um artista foi muitas vezes mais eficaz do que a caneta de um escritor para fugir à censura, transmitindo significado sob a aparência de um manto etnográfico.

 

A Comunidade Arménia na China

As Comunidades Arménias na China nas décadas de 1880 a 1950 por Khatchig Mouradian
Qui, 6 julho – 19:00

Nesta conferência ilustrada, o historiador Khatchig Mouradian apresenta a rica e ainda pouco estudada história das comunidades arménias na China com base em entrevistas e pesquisas arquivísticas realizadas na China, na Arménia, no Líbano, na Europa e nos Estados Unidos.

 

Uma noite dedicada à Música

My Grandfather’s Music Documentário de Eric Nazaria
Sex, 7 julho – 19:00

Estreia do documentário “My Grandfather’s Music”, escrito/realizado/ por Eric Nazarian e que foi inspirado numa viagem que fez a Instambul (Constantinopla) em 2010. O filme explora as histórias orais do que resta dos mestres de oud arménios do século XX do Médio Oriente e da diáspora arménia na América, fazendo a ponte com a história de Cengiz Usta, um luthier (artesão que fabrica instrumentos de corda) turco em Istambul, cujos mestres eram arménios. Admission is free but require tickets, which should be picked up on the day of the event.

 

The Secret Trio (Ara Dinkjian, Tamer Pinarbasi and İsmail Lumanovski)
Sex, 7 julho – 21:00 
12€ – bilhetes à venda 

Com raízes na música arménia, turca, romena e macedónia, The Secret Trio (Ara Dinkjian, Tamer Pinarbasi e İsmail Lumanovski) incorpora melodias originais e peças tradicionais com os modos microtonais do Médio Oriente, batidas de dança dos Balcãs, improvisações e influências do jazz, do rock e da música clássica, bem como da música de muitas outras tradições. A exclusão intencional de qualquer percussão permitiu aos membros deste trio criar a ilusão de uma secção de ritmos condutora, inventando maneiras de tocar de forma percussiva instrumentos musicais que são fundamentalmente melódicos.

 

Fim-de-semana dedicado aos workshops para famílias

Armenian Lullabies
Sáb, 8 julho – 10:00
Dom, 9 julho – 10:00

Esta oficina irá apresentar canções de embalar tradicionais da Arménia, que foram transmitidas de geração em geração, em vários dialetos locais. O canto coletivo que esta oficina propõe acorda em nós as emoções mais íntimas, ajudando-nos a descobrir a nossa voz natural e os pequenos fios de ligação humana que vamos tecendo durante este ritual noturno.

O workshop é orientado por Nairi Khatchadourian.

 

Danças Populares da Arménia
Sáb, 8 julho – 17:00
Dom, 9 julho – 17:00

Esta oficina vai apresentar a música e os movimentos básicos das danças populares da Arménia. Trata-se, na sua maior parte, de danças de roda, e os bailarinos normalmente cantam enquanto dançam. Os participantes irão aprender alguns refrões de canções populares e descobrir a relação entre as letras e os passos de dança. Em cada dança, os movimentos básicos vão sofrendo pequenas variações improvisadas pelo líder. Independentemente da idade e da sua habilidade para dançar, qualquer pessoa pode participar.

O Workshop é orientado por Koriun Davtyan.