6 Fevereiro 2015

Escrever Sobre Tabus Num Mundo Multicultural

Elif Shafak esgota auditório 3 da Fundação

Escrever Sobre Tabus Num Mundo Multicultural

No passado dia 3 de Fevereiro, o auditório 3 esteve lotado por um público interessado em ouvir uma conversa entre Elif Shafak e a jornalista Clara Ferreira Alves. O tema “Escrever Sobre Tabus Num Mundo Multicultural”  teve como base o livro  A Bastarda de Istambul, a primeira obra da escritora editada em Portugal pela Jacarandá Editora, que aborda diversos temas da atualidade.

A relação entre as culturas oriental e ocidental, o estatuto das mulheres na Turquia, a importância da liberdade de expressão, a relação da Turquia com a União Europeia, tabus como o aborto na Turquia, a relação passada entre a Turquia e a Arménia referindo o genocídio Arménio, foram alguns dos assuntos abordados. O fio condutor da conversa foi o multiculturismo e o benefício da multiplicidade de identidades, tal como a importância da defesa dos Direitos Humanos.

O público, enfeitiçado pelas respostas de Elif Shafak e as perguntas pertinentes de Clara Ferreira Alves, ouviu com atenção, curiosidade e uma mente aberta o debate.

Elif Shafak é  a escritora mais lida na Turquia e uma romancista premiada. Escreve em turco e em inglês e já publicou 13 livros, 9 dos quais romances. Tem no Facebook 2 milhões e no Twitter 1,7 de seguidores. Elif Shafak é ainda cientista política e comentadora. Tem colaborado com diversas publicações internacionais, tanto diárias como semanais, incluindo The Financial Times, The Guardian, The New York Times, Die Zeit, La Repubblica, The Independent, Newsweek e Time. É conferencista da Fundação TED.