Crepúsculos: Visita e conversa sobre a ecologia dos morcegos 

Crepúsculo Vernáculo

Slider de Eventos

Tanto na natureza como nas cidades, os morcegos são os inquestionáveis reis da noite, graças ao sofisticado sistema de ecolocalização que usam para voar e caçar em total escuridão. Com 27 espécies, representam o grupo de mamíferos mais diverso da nossa fauna mas, apesar da importância que têm para os ecossistemas e mesmo para o ser humano, muitas destas espécies estão em vias de extinção.

Investigando a relação entre a figura do vampiro e o animal que lhe serviu de referência, e estabelecendo uma ponte entre arte, ciência e biologia, o biólogo Jorge Palmeirim convida-nos a descobrir reverberações, sinais e presenças de morcegos nos jardins da Fundação Calouste Gulbenkian.

Nesta visita e conversa, vamos conhecer aspetos fascinantes da biologia dos morcegos  e observá-los nas suas manobras de voo, ouvi-los a ecolocalizar utilizando conversores de ultrassons e conhecer o universo sensorial em que vivem, tão diferente do nosso.

Com Jorge Palmeirim (biólogo)


BIOGRAFIA

Jorge Palmeirim é Presidente da Direção Nacional da Liga para a Protecção da Natureza e membro do Centro de Ecologia, Evolução e Alterações Ambientais, onde coordena o grupo de Biodiversidade Tropical e Mediterrânica. É também Professor Associado no Departamento de Biologia Animal da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa e coordenador do ramo ambiental da Licenciatura em Biologia. Os seus interesses de investigação centram-se na Ecologia da Conservação em ecossistemas tropicais e mediterrânicos e envolvem, em geral, o estudo de morcegos e aves.


INFO ADICIONAIS

  • Ponto de encontro junto à cafetaria do Museu Calouste Gulbenkian, exterior;
  • Os participantes devem trazer calçado confortável;

Crespúsculos

Programa público no âmbito de Vampires in Space, o projeto de Pedro Neves Marques para a a Representação Oficial da 59.ª Exposição Internacional de Arte – La Biennale di Venezia. Conheça as atividades gratuitas do Centro de Arte Moderna para dia 5 de junho.

Saber mais

Organização e comissariado

Mecenas principal

Apoios

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.