Visita e conversa com a curadora: A paisagem em Millet e Baudelaire

Slider de Eventos

«Millet procura o estilo (…) O estilo é a sua ruína.» Esta dura crítica de Charles Baudelaire à pintura de Jean-François Millet é o ponto de partida para a exposição de três obras da coleção de Calouste Gulbenkian.  A partir de um desenho de Millet e de dois poemas da obra Les Fleurs du Mal de Baudelaire, a curadora e investigadora Filipa Correia de Sousa propõe uma reflexão em torno da experiência da paisagem como uma permanente construção da imaginação.

Com Filipa Correia de Sousa


INFO ADICIONAIS

  • Possibilidade de desconto a participantes em situação de desemprego (50%), mediante apresentação de documento comprovativo no momento da atividade, emitido há menos de 6 meses num dos seguintes idiomas: português, inglês, francês e espanhol.

Língua Gestual Portuguesa
Hands Voice 


Mecenas para a Mediação e Acessibilidade

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.