Desenho no Museu

Oficina de desenho

Slider de Eventos

Data

Loading

Local

Museu Calouste Gulbenkian – Galeria Principal Av. de Berna, 45A, Lisboa

Preço

Bilhete
10,00 €

Descontos

50% – Situação de desemprego (mediante apresentação de documento comprovativo no momento da atividade, emitido há menos de 6 meses num dos seguintes idiomas: português, inglês, francês e espanhol)

As oficinas de desenho no Museu propõem a exploração de questões centrais ao ato de desenhar. Em cada sessão, a artista Catarina Dias introduz temáticas diferentes, desde pesquisas a que os artistas se debruçaram em vida, temas centrais à história da arte ou características específicas da obra que está a ser observada. Estas temáticas servem de inspiração para o ato de desenhar e para a compreensão das obras da coleção Gulbenkian.


FICHA TÉCNICA

Conceção e orientação

Catarina Dias


PROGRAMA

O silêncio

São várias as dimensões sensoriais que podemos explorar no desenho. Ao mesmo tempo que nos ‘aproximamos’ de uma obra de arte para conhecê-la através da observação atenta e do desenho, percebemos que a obra também existe numa dimensão que não é visível. Seja pela contextualização que se faz da obra, pela ideia que o artista teve, pela técnica usada...

Materiais necessários

  • Lápis grafite HB, 2B;
  • Barra de grafite;
  • Papel, bloco ou caderno de desenho, preferencialmente com gramagem acima dos 90 gramas.

Atmosferas

Nesta sessão vamos explorar a noção de atmosferas e quem melhor para nos guiar do que William Turner! Começamos por observar uma pintura sua, onde o mar é o meio para a dissolução da forma e descobrimos que nem todos os desenhos se fazem com linhas…!

Materiais necessários

  • Lápis grafite HB, 2B;
  • Barra de grafite;
  • Barra de carvão vegetal;
  • Papel, bloco ou caderno de desenho, preferencialmente com gramagem acima dos 90 gramas.

A construção de uma figura

Nesta sessão vamos explorar o traço gestual enquanto falamos sobre algumas noções de construção de uma figura, composição e dimensionamento.

Materiais necessários

  • Lápis grafite HB, 2B;
  • Barra de grafite;
  • Papel, bloco ou caderno de desenho, preferencialmente com gramagem acima dos 90 gramas.

Observar Helena

Podemos arriscar dizer que Helena Fourment se tornou na figura central na pintura de Peter Rubens, uma das suas principais modelos depois de ambos se casarem. A partir de um retrato que o pintor fez de Helena, exploraremos nesta sessão de desenho alguns aspetos como composição e texturas…

Materiais necessários

  • Lápis grafite 4B ou superior;
  • Barra de grafite;
  • Papel, bloco ou caderno de desenho, preferencialmente com gramagem acima dos 90 gramas;
  • Pelo menos uma folha de papel com textura.

Um centro de mesa

Nesta sessão vamos debruçar-nos sobre a coleção das artes decorativas do século XVIII e em particular as peças de aparato que decoravam as mesas reais. Aproveitaremos um centro de mesa para falarmos de um desenho mais técnico e de técnicas de registo de desenho.

Materiais necessários:

  • Lápis grafite HB, 2B; 
  • Barra de grafite;
  • Pastel de óleo preto; 
  • Caneta esferográfica;
  • Papel, bloco ou caderno de desenho, preferencialmente com gramagem acima dos 90 gramas. 

A paisagem I

A pintura de paisagem era um dos géneros favoritos de Gulbenkian. Vamos dedicar algumas sessões a explorar esta temática, começando nesta sessão por encontrar soluções técnicas para entendermos a construção das pinturas de paisagens.

Materiais necessários:

  • Lápis grafite 4B ou maior;
  • Barra de grafite;
  • Papel ou bloco/caderno de desenho, preferencialmente com gramagem acima dos 90 gramas;
  • Pelo menos uma ou duas folhas com textura.

Definição de Cookies

Definição de Cookies

A Fundação Calouste Gulbenkian usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação, a segurança e o desempenho do website. A Fundação pode também utilizar cookies para partilha de informação em redes sociais e para apresentar mensagens e anúncios publicitários, à medida dos seus interesses, tanto na nossa página como noutras.