Curso teórico-prático: O diário de campo

Ferramenta de aprendizagem

Event Slider

Ensinar com sucesso é um desafio criativo! O professor tem de ter na bagagem um grande número de estratégias estimulantes que lhe permitam adequar-se às características de cada aluno e ao seu modo de aprender. O diário de campo é uma ferramenta muito versátil e bastante eficaz como instrumento de aprendizagem.

Nele se registam informações preciosas sobre tudo o que é novidade, e ensaiam-se diferentes abordagens, umas mais experimentais e laboratoriais, outras de análise rigorosa, para compreensão do que nos rodeia. Neste curso, que decorrerá no Jardim Gulbenkian, vamos descobrir diferentes formas de usar o diário de campo e adequá-lo ao ensino das várias disciplinas. Muito concretamente, vamos testá-lo enquanto ferramenta para a realização de aulas ao ar livre ou em contacto direto com os objetos estudados. É objetivo deste curso dotar os professores de ferramentas que permitam tornar o ensino mais versátil e estimulante e, por intermédio do desenho, renovar o olhar sobre os espaços exteriores e as espécies vegetais que nele existem.

Conceção e orientação
Mário Linhares


MATERIAIS NECESSÁRIOS

– Diário de campo (caderno A5 ou A4 de folhas lisas); 
– Lápis de grafite; 
– Caneta preta; 
– Aguarelas; 
– Pincéis com reservatório de água; 
– Papel absorvente. 


INFO ADICIONAIS

  • Este curso destina-se a professores de todos os níveis de ensino e outros interessados
  • O curso tem a duração de três horas
  • Ponto de encontro na entrada principal da Fundação (lado exterior)
  • Grande parte do curso acontece no Jardim, independentemente das condições climatéricas. Os participantes devem trazer vestuário e calçado adequados.